O que é

O Pátio SP é um bar de música para diferentes públicos. Situado no coração da Vila Madalena, a casa tem um ar descontraído, urbano e lúdico. As paredes com grafites, garrafas vermelhas penduradas acima do balcão e as mesas de madeira de pallet com detalhes coloridos trazem essa atmosfera de cidade e quintal de casa misturados. O bar tem um espírito jovem e descolado.

Metas

A Vila Madalena cheia de cores e vida. Um bairro descolado, com ladeiras íngremes e mistura de todas as tribos, cheio de ritmo, principalmente samba. O logo e a identidade do PÁTIO SP devem ser descontraídos, possuírem movimento e se basearem nos vários ângulos de São Paulo e da Vila Madalena.
> Criar a marca e identidade visual do bar
> Desenvolver todos os materiais gráficos do bar. Cardápios, flyers, displays de mesa, jogos americanos, layout dos uniformes, etc
> Criar linguagem visual para posts nas redes sociais
> Sinalização básica do bar (indicação de banheiros)

Solução

Escolhemos alguns conceitos como base para iniciarmos o trabalho. Diversidade, transformação, irreverência e descontração.
O logo e as peças do bar com suas formas irregulares e sobreposições são baseados na mistura, na geografia irregular da Vila Madalena e na mudança constante que existe na cidade de São Paulo. A contra forma do logo na fachada, transmite irreverência, cria um ar de desafio em sua leitura, existe um momento de parar e tentar decifrar o que está escrito...O que quer dizer? "Quando eu te encarei frente a frente não vi o meu rosto... Chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto, mau gosto" (estrofe da música Sampa do Caetano Veloso). A ideia é não ser fácil mesmo, assim como São Paulo também não é, traz fascínio e repulsa simultaneamente, mas nunca é indiferente ao olhar.
A fonte Bebas, presente em todas as peças, é adulterada dando um ar de descontração e transformação. Conceitos que também estão presentes nos nomes de drinques e seções do cardápio do bar, Mojito virou "mó agito", Daiquiri é "da querida", Cointreau fizz se transforma em "encontro com Elis". A parte de sobremesas leva como título “pra lamber os beiços”, as bebidas aparecem como “pra molhar as palavras”. A identidade como um todo tem personalidade e sai do lugar comum.
Back to Top